ESTRANHO: VENCEU LICITAÇÕES NA PREFEITURA, DECLAROU SER DE SERTÂNIA, MAS TELEFONE É 81 E PRÉDIO NÃO É LOCALIZADO
16/09/2017 - 11h52 em Novidades

Um fato para lá de estranho está intrigando a população de Sertânia, sobretudo aquela que reage com a razão. Depois de abrir suas portas para uma empresa que foi devastada pela Polícia Federal e ainda ter sido julgada como inidônea pelo Tribunal de Contas de Pernambuco, a prefeitura de Sertânia, para desespero dos que gostam de ver uma administração transparente e zelando pelo bem público, agora apresenta no diário oficial duas licitações que foram vencidas por uma empresa denominada de ROBERVAL AGUIAR DA SILVA - ME, empresa que tem um capital social de R$ 50,000.00 (cinquenta mil reais), portanto menor do que vai faturar com vendas para a Prefeitura de Sertânia, aberta desde abril de 1988, com um endereço na rua Rua Joaquim Nabuco, na loja 04, no centro de Sertânia, no entanto, fundada desde 1988, ela, essa empresa, oferece para seus clientes um contato telefônico sui generis, ou seja, da cidade de Caruaru, prefixo (81), muito estranho, não leitor?

VEJA AÍ CARO LEITOR A EMPRESA QUE TEM ENDEREÇO EM SERTÂNIA, MAS QUE O TELEFONE É DE CARUARU, ELA VENCEU DUAS LICITAÇÕES NO VALOR DE QUASE 90 MIL REAIS

A pergunta que todos se fazem é: por que essa empresa de ROBERVAL AGUIAR SILVA, existente desde de 1988 aqui em Sertânia, não tem um telefone comercial com o nosso prefixo? Com o prefixo 87 3841? Por que de Caruaru?

Outro fato que chama atenção é que a equipe do Tribuna do Moxotó, se deslocou ao endereço indicado pela tal empresa, na rua Joaquim Nabuco, 255, e não encontramos o referido número e nem a tal loja 04. Ali existem duas galerias (do lado esquerdo como quem vai para a avenida presidente Vargas) que compõem diversas lojas, mas nenhuma com o tal número. 

e

ACIMA, A PRIMEIRA LICITAÇÃO DA "EMPRESA SERTANIENSE" QUE TEM ENDEREÇO EM PRÉDIO NO CENTRO DE SERTÂNIA, MAS O PRÉDIO COM ENDEREÇO MENCIONADO NA RAZÃO SOCIAL NÃO FOI LOCALIZADO

A tal empresa, que ganhará quase 90 mil reais da prefeitura, na primeira licitação que venceu, oferecerá produtos descartáveis para uso e conservação das secretarias municipais, bem como das escolas da rede municipal de ensino municipal, Fundo municipal de saúde e fundo municipal de assistência social e também em outra licitação oferecerá gêneros alimentícios para atender as necessidades dos alunos das escola municipal, através do Programa Educacional. Pela quantidade de produtos oferecidos, essa empresa teria que ter um depósito em Sertânia, até porque, se estivesse localizada no endereço citado no cadastro da receita, ali não caberia tanta coisa, ou seja, produtos alimentícios e nem tantos produtos descartáveis e nem tampouco de limpeza.

Na primeira licitação a prefeitura anuncia o gasto de R$ 76.492,69 e na segunda 12.984,10. Portanto, com essa empresa, que se diz de Sertânia, mas seu contato telefônico é da cidade de Caruaru e que tem um capital social de apenas 50 mil reais, a prefeitura licitou quantia exata de R$ 89.476,70. O que os comerciantes de Sertânia acham disso?

ACIMA A SEGUNDA LICITAÇÃO VENCIDA PELA MESMA EMPRESA. FUNDADA DESDE 1988, ELA TEM O CONTATO TELEFÔNICO 81 EM SEU PREFIXO. POR QUE NÃO 87??

Sabe-se que temos diversos empresários sertanienses que comercializam todos esses produtos que a tal empresa está oferecendo e que agora estão sendo adquiridos por uma empresa que ninguém sabe onde reside de fato, e se realmente é daqui de Sertânia. Alguém sabe quem é ROBERVAL AGUIAR? É sertaniense? Se não é, de onde é esse cidadão que agora vai vender seus produtos a Prefeitura?

O prefeito deveria ter no mínimo o bom senso para saber que isso fragiliza a nossa economia e consequentemente nossos comerciantes. Aliás, não foi a primeira vez que isso acontece, todos lembram que o prefeito de Sertânia foi buscar uma empresa na pequena cidade de Itapetim, para comprar os pneus dos carros da prefeitura, desprezando alguns comerciantes de Sertânia que também revendem esse produto. E para agravar ainda mais o quadro, a empresa que ele escolheu para comprar os tais pneus sofreu uma verdadeira devassa da PF e do Tribuna de Contas.

Estranho tudo isso! Não é caro leitor? 

COMENTÁRIOS